IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Editorial

Embrapa Semiárido: Patrimônio Regional

A sociedade organizada do Semiárido brasileiro tem a responsabilidade sociopolítica de se manifestar em defesa do trabalho desenvolvido pela Embrapa Semiárido, que desenvolve vários projetos de pesquisa e extensão contemplando diversas áreas do conhecimento e considerando a diversidade de realidades e culturas da população e do clima da região. A referida empresa foi recentemente provocada por um gestor público pernambucano para tornar seu trabalho exclusivo para áreas irrigadas.

Os números apresentados em Carta enviada à Embrapa Semiárido pelo gestor pernambucano, tendo como fonte de dados o Ministério da Integração Nacional, são alarmantes, reais e históricos, mas não podem servir como justificativa para tirar a Embrapa Semiárido dos caatingueiros e caatingueiras, que não vivem nas pequenas manchas de solos viáveis para irrigação.

É verdade que a irrigação cumpre um papel importante na economia regional mas tem os seus limites, edafo climáticos e sociais. Gera riquezas tendo como base principalmente a produção para exportação às custas muitas vezes de sub empregos ou trabalho degradante, uso abusivo de agroquímicos, concentração de terras, de renda, favelização das duas principais cidades da região. Apesar disso, sabendo da importância desta atividade, a Embrapa sempre investiu grande parte do seu orçamento em pesquisas e extensão voltadas para irrigação.

A missão da empresa é desenvolver ciência e tecnologia que contemple a diversidade socio ambiental da região. O Semiárido brasileiro é o mais chuvoso do planeta e é também o mais populoso, sua cobertura vegetal composta por Caatingas é única no globo. Grande parte da sua população vive em pequenas cidades, a maioria espalhada em pequenos povoados classificada como população difusa. Esse é e deve continuar sendo o campo de atuação da Embrapa Semiárido, contribuindo com a construção de um novo paradigma de desenvolvimento para esta região, pautado nos elementos da proposta de Convivência.

A Convivência com o Semiárido é um modo de vida e produção que respeita os saberes e a cultura local e, utilizando tecnologias e procedimentos apropriadas ao contexto ambiental e climático, constrói processos de vivência na diversidade e harmonia entre as comunidades, seus membros e a natureza, possibilitando assim uma boa qualidade de vida e permanência na terra, apesar das variações climáticas.

As tecnologias desenvolvidas pela Embrapa Semiárido a partir das realidades encontradas nas comunidades rurais, formam um importante banco de conhecimentos, os quais, transformados em políticas públicas, viabilizam a vida das populações, garantindo geração de emprego e renda, distribuição de riquezas e preservação ambiental. Destaca-se aqui: o zoneamento agroecológico, tecnologias de captação e armazenamento de água de chuva para diversos usos, técnicas de produção agropecuária, beneficiamento e comercialização, com destaque para frutas da Caatinga (a exemplo do umbu, maracujá do mato).

Estas experiências vem sendo difundidas por diversas organizações sociais que compõem a Articulação do Semiárido – ASA, beneficiando milhões de pessoas que aplicam na prática esses conhecimentos, o que tem sido fundamental para evitar a morte de milhares de pessoas, o êxodo rural em massa durante o período atual de longa estiagem.

A verdade é que o Estado brasileiro pouco investiu para espalhar pelo Semiárido essa malha de conhecimentos e tecnologias desenvolvidas. Se assim tivesse feito, nas últimas décadas, após a longa estiagem ou grande seca do final dos anos 1970 e início dos anos 1980, a realidade atual seria bem diferente. A ASA tem confirmado isso por meio das diversas ações que tem por base a viabilidade da Convivência com o Semiárido.

Juazeiro-BA, 05 de março de 2013

Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA

Autor(a): Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA

< voltar




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005