IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Escola de Formação oportuniza equipe do Irpaa aprofundar temas pouco explorados na escola convencional

Escola de Formação oportuniza equipe do Irpaa aprofundar temas pouco explorados na escola convencional

Um momento para socializar ideias, trocar experiências e conhecer novas realidades. É essa vivência que os/as novos/as técnicos/as e recreadores/as do Irpaa estão tendo nesta semana, durante a Escola de Formação para Convivência com o Semiárido, oferecida pela instituição aos colaboradores e colaboradoras.

Desde o último domingo (12), o grupo de aproximadamente 40 pessoas dos municípios de Campo Alegre de Lourdes, Pilão Arcado, Casa Nova, Sobradinho,  Sento Sé, Macururé e Juazeiro, além de convidados do MST-PI, estão no Centro Dom José Rodrigues debatendo com integrantes dos Eixo Água, Comunicação, Produção e Terra, técnicas sobre como viver no Semiárido, respeitando quem vive na região, os animais que nela vivem e os recursos naturais dela. Além das rodas de conversas, estão sendo realizadas atividades práticas do trabalho no campo, como pesagem de adubo, limpeza de chiqueiro, hidroestesia.

Durante toda manhã da quarta-feira (15), os/as técnicos/as e recreadores/as foram convidados/as a conhecerem mais sobre a luta pela terra, o porquê da necessidade da reforma agrária e as características das comunidades de Fundo e Fecho de Pasto. A discussão foi apresentada pelo colaborador do Eixo Terra, Diego Albuquerque, que diz que as temáticas foram escolhidas com o objetivo de melhor formar a equipe. “Esses assuntos, na maior parte do processo de formação nas universidades ou cursos técnicos, são pouco debatidos, então estamos tendo uma discussão introdutória sobre esses assuntos importantíssimos para os nossos técnicos/as” explica.

Além de atividades lúdicas-reflexivas sobre a importância da união de agricultores/as para defender a terra contra o agronegócio, temas como discussão de gênero também foram introduzidos aos participantes. A técnica em agropecuária Edjane Passos, que atua no Ater estadual no distrito de Itamotinga, em Juazeiro, acredita que a formação é um espaço para cada um/uma apresentar suas vivências aos demais participantes. “Essa etapa é um aprimoramento de conhecimentos, quando a gente começa a conversar com os outros técnicos e técnicas, cada um apresenta uma nova história e a gente só tem a aprender, cada um com cada um”.

Comunicação e água

Pela tarde, a formação foi dividida entre os eixos Água e Comunicação. Os/as participantes apresentaram atividades relacionadas à água e discutiram a comunicação no Brasil e a baordagem da mídia sobre o Semiárido.

Segundo Maicon Vieiras, que trabalha pelo P1+2 (Programa Uma Terra e Duas águas) em Macururé, a formação que chega ao fim neste sábado (18) é um momento positivo para a discussão sobre a Convivência com o Semiárido. “Essa discussão é algo que estamos moldando, ela não é formada. É um processo de construção e estamos fazendo isso agora” finaliza.

Texto e foto: Comunicação IRPAA 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Escola de Formação oportuniza equipe do Irpaa aprofundar temas pouco explorados na escola convencional

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005