IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Diversos Olhares sobre o Semiárido foram debatidos na tarde de ontem em Juazeiro

Diversos Olhares sobre o Semiárido foram debatidos na tarde de ontem em Juazeiro

No segundo dia do evento de Celebração dos 25 anos do Irpaa, quarta-feira (15), aconteceu a mesa “Diversos olhares sobre o Semiárido”, momento em que instituições convidadas trouxeram abordagens diferenciadas acerca do Semiárido, porém com uma clara relação de complementaridade entre as mesmas.

O primeiro a apresentar o olhar sobre a região foi o representante da Associação dos Advogados dos Trabalhadores Rurais da Bahia – AATR, Maurício Correia, que tocou em aspectos relativos ao processo de ocupação do território semiárido, fazendo uma linha histórica que explica, por exemplo, a atual luta popular das comunidades de Fundo e Fecho de Pasto em defesa da terra e de seus territórios tradicionais. O pesquisador da Embrapa Semiárido, José Nilton Moreira, apresentou elementos que comprovam o potencial diversificado da Caatinga, subsidiando sua fala com pesquisas realizadas pela estatal. Também nessa linha, representando a Univasf, o professor José Alves lembrou da necessidade de conservar o Bioma Caatinga, destacando as diversas espécies, muitas até desconhecidas, evidenciando que sua preservação é de suma importância para as ações de Convivência com o Semiárido.

A professora Vanderlea Andrade, também da Univasf, além de sócia e ex-colaboradora do Irpaa, falou sobre as bases da defesa da educação contextualizada para o Semiárido. Ao tratar do surgimento da educação contextualizada como luta politica, Vanderlea descreve como “um método de resistência às diversas paisagens que eram ditas sobre nós, povo semiaridense, de forma homogênea, como se fosse um só povo”, quando na verdade são povos diversos com realidades e modos de vidas diferentes. Segundo ela, hoje esta pauta tem avançado e alcançado espaços institucionais não apenas da sociedade civil, mas também com muita força no âmbito dos governos.

O Insa, através de Aldrin Perez, apresentou um projeto de pesquisa que vem sendo desenvolvido no Sertão do São Francisco, com destaque para o processo de recuperação das áreas degradadas ou em estágio de desertificação. O Núcleo Sertão Agroecológico também compôs a mesa e o representante, professor Helder Freitas, trouxe a importância de entender o contexto local para aplicar as práticas agroecológicas voltadas para a Convivência com o Semiárido.

Ao final do debate, o público também pode participar fazendo questionamentos aos debatedores/as. Nesta quinta-feira e sexta-feira acontecerá o Seminário Política de Convivência, com debates intercalados com intervenções culturais e programação aberta ao público em geral durante à noite.

Texto e Foto: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Diversos Olhares sobre o Semiárido foram debatidos na tarde de ontem em Juazeiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005