IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

“Comida de verdade no campo e na cidade por direitos e soberania alimentar” é tema de conferência em Juazeiro

“Comida de verdade no campo e na cidade por direitos e soberania alimentar”  é tema de conferência em Juazeiro

 Com o tema “Comida de verdade no campo e na cidade por direitos e soberania alimentar” foi realizada no dia 20 de maio de 2015, em Juazeiro, a 2ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. Durante o evento, aconteceu a palestra com o mesmo tema da Conferência, ministrada pelo colaborador do Irpaa e membro do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e nutricional (Comsea), José Moacir dos Santos. O objetivo foi promover um espaço de formação e discussão durante a Conferência a cerca da importância do alimentos saudáveis, os atuais hábitos alimentares da população, os modos e os usos dos bens naturais para a produção de alimentos.

“Hoje o Vale [do São Francisco] não produz Segurança alimentar para os seus habitantes”, explica Moacir, que esclarece que para ter a segurança alimentar é preciso garantir para toda a população a oferta de comida sem produtos químicos, que seja saudável em qualidade, quantidade e de acordo com os costumes alimentares dos povos e sem prejudicar o ambiente onde está sendo produzida. O membro do Comsea acrescenta que é preciso repensar o uso da terra e da água na região, “é só para produzir manga e uva para exportar ou produzir alimentos para a população?”, questiona.

Moacir apontou ainda a preocupação com os problemas de saúde provocados pela má alimentação, um a vez que o país saiu do mapa da fome, “a grande questão agora é o que estamos comendo... a comida industrializada deixa de ser comida quando leva muito ingredientes químicos, acaba sendo um veneno e não um alimento. Outra armadilha é o alimento natural contaminados por agrotóxicos”, aponta Moacir. Para o Comsea, a solução é garantir uma produção alimentar de base agroecológica e uma educação alimentar da população, e a conferência é o espaço para a população dizer qual e que tipo de comida quer e como deve ser produzida, sendo um dever do governo garantir essa segurança.

A Conferência

Durante a Conferência, os participantes organizados em três eixos norteadores formularam diversas propostas de acordo com a temática deste ano. Ao final do dia, a plenária aprovou nove propostas e nove delegados/as para participarem da Conferência Territorial que vai acontecer em Julho. Entre as propostas, a necessidade de fortalecer a agricultura familiar de base agroecológica, garantindo assessoria técnica apropriada, terra e água, a implementação do Selo de Inspeção municipal, bem como de garantir formação para a população sobre o consumo e os alimentos saudáveis.


Para a presidente do Comsea, Ioná Pereira, este momento também é para que a população abra os olhos para o campo da Segurança alimentar, já que este tema é pouco discutido na sociedade. Ela explica que a Conferência e o Conselho são passos iniciais na luta pela segurança alimentar no município, “a gente já vai ter um norte maior da questão de segurança alimentar dentro do município”, acredita.

Para a participante Maria Alice Borges da Silva, representante da Associação de Pescadores artesanais da Lagoa do Curralinho, o espaço da Conferência é também uma oportunidade de garantir a luta pela soberania alimentar e para defender o modo de produção dos povos tradicionais . Ela aproveitou para fazer um alerta para a população sobre a falsa ideia de que os peixes criados em cativeiros são livres de contaminantes, e como este modo de produção vem ameaçando os pescadores/as artesanais e seus territórios, “esse peixe de cativeiro é como se a gente tivesse consumindo um alimento de mentira, comprometendo a nossa saúde”, alerta.

A Conferência é uma promoção do Comsea, com a realização da Prefeitura Municipal de Juazeiro através da Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social (Sedis). Participaram deste momento interessados no tema, representantes das comunidades tradicionais de pescadores artesanais, de Fundo e Fecho de Pasto e de povos de terreiros, STR, Sindicato das Associações Urbanas, Irpaa, agricultores e agricultoras familiares do campo e da cidade e representantes do poder executivo municipal.

 

 

Texto e foto: Comunicação Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

“Comida de verdade no campo e na cidade por direitos e soberania alimentar” é tema de conferência em Juazeiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005