IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Ribeirinhos do Salitre criam nova Associação para fazer a gestão da água das adutoras

Ribeirinhos do Salitre criam nova Associação para fazer a gestão da água das adutoras

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (29), na comunidade de Alfavaca, a reunião de fundação da Associação Geral de Usuários das Águas do Salitre – AGUAS do Salitrinho, que tem o objetivo de gerenciar o uso da água que hoje corre no leito do Rio Salitre no trecho que vai da comunidade de Junco até a foz. Desde 2005, cerca de 20 comunidades são beneficiadas com a água do Rio São Francisco que, através de adutoras, possibilita as/os agricultores cultivarem nas propriedades nas margens do rio.

Para regularizar o uso desta água, garantindo o acesso para fins agropecuários em quantidade e qualidade, a Codevasf irá celebrar um contrato com esta nova Associação, que por sua vez irá se responsabilizar pela arrecadação da tarifa junto aos agricultores/as e pela fiscalização das áreas irrigadas, mediante contrato com os responsáveis pelas propriedades.

Para o agricultor Nival Gomes, da comunidade de Recanto, a associação é importante para assegurar a água porque hoje, segundo ele, há risco de novos conflitos, pois “tem produtor plantando muito do lado de cima e o pequeno que tá embaixo não pode ficar sem água”, aponta. Para ele, é preciso ter critérios, regras e que possam ser colocadas em prática pela nova associação. “É o próprio agricultor fiscalizando o companheiro”, opina Nival.

Durante a reunião, que contou com a participação de em média 60 agricultores/as, foi aprovado o Estatuto Social e eleito o Conselho Administrativo e Conselho Fiscal. O presidente eleito, Roberval Amorim, reforçou a necessidade de todos os ribeirinhos fazerem parte da Associação e se comprometeu em conduzir a entidade da forma mais transparente possível, levando sempre para as assembleias gerais as demandas existentes e as que venham a surgir.

O Conselho Administrativo tem o prazo de até 90 dias para elaborar o Regimento Interno e submeter a Assembleia Geral, documento que definirá as normas de cobrança do uso da água, considerando diferentes valores para cada tipo de cultivo e sistema de irrigação adotado, bem como as formas de punição aos inadimplentes e outros itens necessários ao pleno funcionamento da AGUAS do Salitrinho.

Luta pela água no Salitre

No final da década de 1970 o Rio Salitre passou a vivenciar conflitos devido ao uso descontrolado da água para irrigação, resultando em assassinato de produtores no ano de 1984. De lá para cá muitas foram as tentativas para garantir água para produção na área considerada médio e baixo Salitre.

Há dez anos, a Codevasf vem mantendo o sistema de adutoras, poŕem sem assegurar uma boa gestão desta água. Para ter um controle mínimo do uso desta água, a Codevasf mantinha um contrato com a União das Associações do Vale do Salitre – UAVS, mas esta entidade não dispunha de instrumentos legais para garantir o cumprimento da cobrança junto aos agricultores já que ela é formada por outras associações e não por usuários da água, por isso foi sugerido a criação desta nova entidade com o objetivo específico de gerenciar a água.

A atual vice-presidente da UAVS, Mineia Clara, destaca que a nova associação tem o apoio da União, que a partir de agora se propõe a assumir com mais força a luta pela água para as comunidades do Alto Salitre (trecho que não é contemplados com as adutoras I e II) e por outras necessidades como estradas, saúde, educação. “O papel da UAVS aqui é fazer com que essa nova entidade seja mais uma nova parceira nas lutas sociais no Salitre”, afirma Mineia.

Assessoria UAVS


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Ribeirinhos do Salitre criam nova Associação para fazer a gestão da água das adutoras

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005