IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Mulheres de comunidades Fundo de Pasto de Curaçá realizam 2º encontro

Mulheres de comunidades Fundo de Pasto de Curaçá realizam 2º encontro

No último dia 26 foi realizado o segundo encontro de mulheres das comunidades de Fundo de Pasto no município de Curaçá. O evento, que aconteceu no Teatro Raul Coelho, teve a participação de mulheres representando várias comunidades do município e foi organizado pela Articulação Regional de Fundo de Pasto - região do CUC e Irpaa.

Uma mística sobre a importância da preservação do meio ambiente deu início as atividades e as participantes expressaram a preocupação com o uso inadequado dos bens naturais e a necessidade de cuidar da Caatinga. Além disso, teve uma troca de experiências e o resgate sobre as informações repassadas no primeiro encontro. Em especial foram abordadas a certificação das comunidades tradicionais de Fundo de Pasto e a regularização das áreas coletivas.

Em sequência foi feito um trabalho sobre a necessidade da organização social das comunidades. Com dinâmicas, relatos das participantes e material didático foi aprofundada a importância do papel de líderes e lideranças. De forma participativa e com muita animação, as participantes socializaram experiências e conhecimentos durante o encontro.

O evento e as temáticas tratadas foram avaliados como de suma importância para as comunidades e as participantes se comprometem em repassar estes assuntos para as comunidades, sugerindo também que estes debates sejam feitos nas comunidades para a animação e fortalecimento das famílias. A participante Rosemaria Alves dos Santos destacou também a importância da participação da juventude. “A juventude do campo precisa participar nos espaços da organização social e ter vez e voz de expressar os anseios dos jovens.”

Necessidade de organização

Diante das ameaças da implantação de grandes projetos do agro e hidronegócio, mineração, etc. que muitas comunidades tradicionais enfrentam, ficou evidente que as comunidades precisam se organizar e articular para garantir a vida e a permanência das famílias.

Esta organização, inclusive, deve considerar a Lei estadual 12.910/2013 que prevê a data de 31 de dezembro de 2018 como limite para que as comunidades de Fundos ou Fechos de Pastos possam solicitar o certificado de reconhecimento e a regularização das terras coletivas (territórios), o que deve ser feito junto ao Estado da Bahia, através da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e Coordenação de Desenvolvimento Agrário – CDA.

Importante salientar que existem diversos programas em execução que as vezes têm aparentemente um caráter semelhante, mas que tratam apenas do Cadastro Ambiental e não da certificação da comunidade ou regularização das áreas coletivas.

Texto e Fotos: Maria Oberhofer (Colaboradora Irpaa)
Revisão: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Mulheres de comunidades Fundo de Pasto de Curaçá realizam 2º encontro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005