IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Em Juazeiro, ato simbólico defende objetivos a serem aprovados em assembleia da ONU

Em Juazeiro, ato simbólico defende objetivos a serem aprovados em assembleia da ONU

 Juazeiro foi uma das cidades entre tantas no Brasil e no mundo que no final da tarde desta quinta-feira (24) ascendeu velas num ato simbólico em defesa dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), os quais devem ser aprovados durante assembleia da ONU em Nova Iorque esta semana, consolidando assim uma Agenda Pós-2015.

Foi através de manifestações artísticas, roda de capoeira, falas e panfletagem que representantes do Irpaa, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Levante Popular da Juventude, Estudantes do Cetep, Grupo P1 Happer, religiosos, entre outros, pautaram a importância de olhar para o Rio São Francisco quando se fala em sustentabilidade. Com o tema “Gestão dos recursos hídricos na Bacia do Rio São Francisco”, o ato chamou atenção para o estado atual de degradação do rio e a necessidade de decisões políticas direcionadas para a preservação e uma efetiva revitalização do mesmo.

Após caminhada pela orla da cidade, as/os participantes encerraram o ato de forma mística. À beira do rio, todas/os as/os participantes ascenderam velas como uma forma de reafirmar a luta e os compromissos já existentes em defesa do Rio São Francisco e da sustentabilidade do planeta. A representante do MAB, Marta Rodrigues, falou do papel de multiplicadores/as que as pessoas precisam ter quando se trata deste tema. A relevância da sociedade pautar estas discussões em nível mundial, foi um dos destaques na fala do coordenador geral do Irpaa, Cicero Felix.

Esta ação fez parte de um conjunto de mobilizações realizadas em diversos estados do Brasil, cujo objetivo é pautar uma agenda de compromissos que os países devem assumir com vistas a investir em um modelo de desenvolvimento que considere a preservação dos bens naturais e a garantia dos direitos humanos. A intenção é que uma lista com 17 objetivos, dentre eles redução da desigualdade entre os países, proteção dos ecossistemas terrestres e garantia de direitos básicos como água, saúde e educação, seja assumida pela ONU visando a implementação dos mesmos até 2030.

Em Juazeiro a iniciativa contou com o apoio da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong) e de organizações parceiras que durante o Ato falaram da importância da sociedade organizada se preocupar com os rumos do planeta e assim propor mudanças, as quais devem passar pelos espaços de decisões políticas.


Texto e fotos: Comunicação Irpaa

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Em Juazeiro, ato simbólico defende objetivos a serem aprovados em assembleia da ONU

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005