IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Sem a garantia da terra em tamanho apropriado, não existe Convivência com o Semiárido

Sem a garantia da terra em tamanho apropriado, não existe Convivência com o Semiárido

A terra como divisão territorial, legislação e produção agrícola e animal apropriados ao clima semiárido foram apresentadas e discutidas durante o minicurso com o tema “Acesso a Terra”, ministrado por Denise Cardoso e Josivaldo Martins, calaborador/a do Irpaa, na tarde do terceiro dia da Feira SemiáridoShow.


“A gente se desafia em trazer a discussão da terra e principalmente o tamanho da terra”, destacou Denise ao considerar de suma importância ter espaço para discutir esta temática durante a maior Feira da Agricultura Familiar do Nordeste. “O minicurso tem a importância de trazer essas informações mostrando a viabilidade do Semiárido. A gente mostra toda a realidade para que as pessoas consigam compreender porque precisam dessa quantidade de terra”, continuou.


Dentre as discussões foi latente também a discussão sobre a insistência em políticas públicas e/ou programas baseados na realidade de outras regiões, em vez de garantir investimentos em modelos de criação de animais apropriados, considerando o solo, a vegetação e o clima. Segundo a colaboradora do Irpaa, a criação de bovinos, por exemplo, não é recomendada para uma região semiárida, sendo o correto a criação de animais de pequeno e médio porte como galinhas, caprinos e ovinos, já que esses animais consomem uma quantidade baixa de água e comida que podem ser produzidas na própria roça. Para se ter uma ideia, a quantidade de água e comida que uma vaca come pode ser utilizada para criação de oito cabras.


São muitos os motivos que levam o agricultor a escolher um minicurso com essa temática. Um dos motivos recorrentes é a dúvida sobre as leis que tratam da quantidade de terra apropriada para uma família, como é o caso de Dona Neide Gomes dos Santos, do assentamento Mandacaru, no município de Petrolina. “Para nós enquanto agricultora é muito complicado relacionar essa questão do módulo rural e do módulo fiscal porque muitas vezes isso não é entendido, meu objetivo de participar desse minicurso foi justamente entender o que seria o módulo rural e o que seria o módulo fiscal”.


Assim como Dona Neide, Seu Antônio da Costa e Souza, agricultor e extensionista rural, pretende esclarecer suas dúvidas para saber como direcionar o trabalho de assessoria técnica em sua região. “Como eu trabalho com pequenos agricultores eu quis fazer o minicurso para saber as questões sobre terra, como o tamanho apropriado pra gente trabalhar, porque onde trabalho a diversidade de tamanhos é grande, tem gente com uma tarefa outros com 15, então eu queria saber como trabalhar com cada um”, informou.


Estande


Além do minicurso com essa temática, foi instalado na Feira SemiáridoShow 2015 um espaço onde os/as visitantes da Feira encontram informações históricas que vão desde o povoamento até as tecnologias necessárias e apropriadas para a Convivência com o Semiárido. O/a visitante se depara com um espaço informativo dividido em 3 partes: o primeiro espaço apresenta o histórico da ocupação do Semiárido, o segundo traz a situação dos povos e comunidades tradicionais, pois, segundo Maria Oberhofer, colaboradora do Irpaa são essas as populações que conseguem preservar o meio ambiente e os biomas e conseguem viver em harmonia com a realidade do clima. Por último foi colocada a problemática do tamanho da terra no Semiárido: “o que a gente quer trazer aqui é que o problema não é o clima, não é a realidade climática, mas a concentração de terra nas mãos de poucos” diz Maria, uma das responsáveis por apresentar o espaço ao público do evento.


Este ano a Feira teve como tema “Territórios, água e agroecologia: bases para vida no Semiárido” e contou com uma diversificada programação que envolveu um público também diverso em atividades como seminários temáticos, minicursos, oficinas, além da visitação dos estandes e área de campo com um total de aproximadamente 100 tecnologias.


O SemiáridoShow encerra na tarde desta sexta-feira (23) e é uma realização da Embrapa em parceria com o Irpaa. O evento está em sua sexta edição e reúne em média 20 mil pessoas.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Sem a garantia da terra em tamanho apropriado, não existe Convivência com o Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005