IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Qualidade do solo declina no mundo inteiro

Qualidade do solo declina no mundo inteiro

Pesquisadores alertam sobre bilhões de custos

Os solos em cerca de 30% da área terrestre do planeta deterioram significativamente de acordo com um estudo. Fertilidade e produtividade tem diminuído na mesma proporção nos últimos 30 anos em pastagens e campos agrícolas, bem como em áreas florestais. Países ricos ou pobres foram afetados num total de espaço de vida para 3,2 bilhões de pessoas. A tendência foi “significativamente negativa”, disse o co-editor Joachim von Braun (Universidade de Bonn), este mês em Berlim.

A causa da erosão do solo é o uso não-sustentável da terra: se criam animais em quantidade excessiva em áreas pequenas, florestas são derrubadas para abrir mais terra para plantios e o manejo dos campos acontece com métodos prejudiciais. Embora adubo mineral aumente os rendimentos a curto prazo, a longo prazo faz a terra perder nutrientes, pesa ainda o crescimento da população mundial e o apetite crescente por carne e leite. Estes alimentos requerem relativamente muito espaço para sua produção.

Os custos da degradação do solo são estimados em 300 bilhões de euros (1,2 trilhão de reais) anualmente. A equipe internacional tinha avaliado dados de satélite e realizado pesquisas em países e regiões especialmente afetados, como Argentina e África.

Para calcular o custo, os pesquisadores incluíram o impacto sobre a água, a biodiversidade e o clima, relacionados ao valor dos produtos agrícolas. Este custo cairia em partes iguais sobre os usuários da terra e o público em geral. Os investimentos em conservação do solo são muito recompensadores, destacou o cientista: por cada dólar norte-americano gasto na conservação reverteria em 5 dólares economizados em custos subsequentes.

O recurso solo não é renovável, advertiu o ex-diretor executivo do Programa Ambiental da ONU, Klaus Töpfer. “Se solos são perdidos, surgem situações de tensão.” Com bases de produção mais estáveis, as pessoas poderiam lidar melhor com fenômenos climáticos como El Niño, disse Stefan Schmitz, do Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento. Caso contrário, aumentaria a pobreza de populações de regiões diretamente dependentes da agricultura das regiões.

Texto original disponível aqui
 

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Qualidade do solo declina no mundo inteiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005