IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Frepop debate a importância do empoderamento feminino na construção de uma sociedade igualitária

Frepop debate a importância do empoderamento feminino na construção de uma sociedade igualitária

Entre os dias 19 a 23 de julho, a Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, em Recife, está sediando o 13º Fórum de Educação Popular - Frepop, com o tema “Educação Popular – Democracia e os desafios das lutas sociais na construção da sociedade que queremos”. Paralelamente está acontecendo a 10ª edição do Frepop internacional.

O evento é um espaço de construção coletiva, que busca refletir o cenário sociopolítico atual, permite a troca de experiências entre os frepopianos e as frepopianas, além de dialogar a respeito da construção de um projeto democrático popular e a importância e fortalecimento das lutas sociais nessa caminhada. Sua programação contará com rodas de conversas, oficinas, apresentações culturais, frepopinho voltado para as crianças e feira de artesanatos e produtos oriundos da agricultura familiar.

Uma dessas rodas de conversa foi “Mulheres construindo uma sociedade mais justa”, que aconteceu na manhã dessa quarta-feira (20). O espaço abordou o trabalho desenvolvido pelo Movimento da Mulher Trabalhadora Rural Nordeste - MMTR-NE, que luta pela autonomia das mulheres na construção de uma sociedade igualitária, a partir da educação popular. O momento foi facilitado por Divaneide Pinheiro Lins de Souza, coordenadora estadual da MMTR de Sergipe.

Na tentativa de construir essa nova sociedade, o MMTR- NE realiza diversas atividades que visam aumentar a participação das mulheres na produção agroecológica, a geração de trabalho e renda, o enfrentamento da violência sofrida por mulheres, debate de gênero, especialmente com a realização de Escolas Feministas, com foco nas mulheres do campo. Divaneide pontua como conquista do movimento a contribuição do MMTR na construção da lei Maria da Penha, ajudar as mulheres do campo a ter acesso a políticas públicas, a autonomia financeira através da economia solidária e principalmente a promoção da informação que resulta do empoderamento dessas mulheres.

Durante a conversa as mulheres presentes na roda, falaram das suas experiências nos espaços de luta, das discriminações sofridas pela sociedade patriarcal, pontuando a necessidade das mulheres ocuparem os diversos espaços de poderes. Para a participante Margarida Alves, o feminismo é elemento fundamental na transformação da sociedade. “O feminismo veio pra dar poder a mulher, o poder do seu trabalho, o seu poder político... o feminismo é o educador que busca o direito pra todos”, pontua Margarida.

Durante toda a programação do Frepop vão acontecer outros espaços de debate a respeito do empoderamento da mulher e suas contribuições no desenvolvimento de um mundo mais digno para todos os seres humanos.


Texto e fotos: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Frepop debate a importância do empoderamento feminino na construção de uma sociedade igualitária

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005