IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Assembleia define representantes das comunidades do primeiro território de Remanso do projeto Pró-Semiárido

Assembleia define representantes das comunidades do primeiro território de Remanso do projeto Pró-Semiárido

No último dia 27, aproximadamente 120 famílias das comunidades de Campo Maior, Barra, Estacada e Negros do município de Remanso (BA), se reuniram na assembleia de formalização do território rural do projeto Pró-Semiárido. Durante a assembleia, foram escolhidos os/as representantes que vão acompanhar o desenvolvimento e execução dos Planos de Desenvolvimento Social e a formação dos grupos de interesse e das demais ações do projeto.

A cidade de Remanso foi dividida em 5 territórios rurais, que abrangem 20 comunidades, 4 em cada. Essa foi a primeira assembleia dos territórios, onde foram escolhidos de cada comunidade, seis delegados/as, três cirandeiras, três integrantes da comissão de controle social e um Agente de Desenvolvimento Rural, o ACR, além da Associação que será conveniada no projeto.
Para Jôssy Esteves, técnica de desenvolvimento social, que está acompanhando o processo, esse é um momento importante para as comunidades. “As pessoas eleitas pelos grupos têm o papel de auxiliar a equipe e acompanhar a execução do projeto, além de fortalecer e mobilizar o território”, afirmou.

Essa é uma ação do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), em parceria com organizações locais, como o Irpaa, que atuará em 108 comunidades divididas em 27 territórios dos municípios de Sobradinho, Juazeiro, Remanso, Sento Sé e Campo Formoso.

Segundo Clérison Belém, colaborador do Irpaa, o projeto vai contribuir com a organização das comunidades, utilizando metodologias participativas para a construção de um Semiárido melhor. “É um projeto voltado para o desenvolvimento sustentável no campo, melhorando e organizando a produção que os agricultores já desenvolvem. Então a gente não leva nada pronto. São visitas técnicas, reuniões, assembleias, planos de desenvolvimento, plano de investimento para conhecer um pouco dessas realidades e construir as próximas ações que acontecerão durante os quatros anos de execução do projeto”, reforçou.

O projeto Pró-Semiárido tem o objetivo de promover o desenvolvimento rural sustentável baseado em princípios agroecológicos, com inclusão produtiva e geração de emprego e renda. Dentre as ações do Projeto está a construção de sistemas de abastecimento de água e agroindústrias, assessoria técnica e extensão rural, a partir de demandas apresentadas pelas comunidades rurais.

Texto e foto: Comunicação Irpaa

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Assembleia define representantes das comunidades do primeiro território de Remanso do projeto Pró-Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005