IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Estudantes da UNEB continuam resistindo contra a PEC de reajuste fiscal

Estudantes da UNEB continuam resistindo contra a PEC de reajuste fiscal

Aula pública, rodas de conversas, sarau, atos públicos são algumas das atividades dos/das estudantes que estão ocupado a Universidade do Estado da Bahia – Uneb, Campus III, em Juazeiro- BA. Há aproximadamente 23 dias, estudantes estão ocupando o DTCS da Uneb, em protesto a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 241/2016) de Ajuste Fiscal, que pretende limitar o gasto público em Educação e Saúde pelos próximos 20 anos. A PEC já foi aprovada pela Câmara dos Deputados, agora passa a tramitar no Senado, sob numeração PEC 55/2016 e está aberta para receber a opinião da população através da consulta pública no site do Senado.

Preocupados/as em dialogar com a comunidade a respeito do que diz a PEC, os/as participantes da ocupação também realizaram momentos de sensibilização nas escolas de Juazeiro e estão organizando cine debate como ferramenta de formação. De acordo com o estudante Davi Lima, a ocupação é um espaço que está contribuindo na formação política dos/das estudantes, “a gente não está aqui apenas pra ficar acampado, pra dizer que tá ocupando a universidade. A gente tá aqui numa proposta política pedagógica de tá se formando e se fortalecendo na militância, para garantir o debate”. Melhorias na estrutura física da universidade e na política educacional também fazem parte da reivindicação dos/das estudantes.

A decisão da ocupação foi eleita pelos estudantes em assembleia e recebe apoio de professores/as e funcionários/as da universidade. “A gente conseguiu construir uma forma muito grande dentro do departamento, uma união entre os cursos...em prol dessa causa, e a gente tá fortalecendo o movimento estudantil dentro da universidade”, pontua Davi. Apesar de todo esse apoio, a estudante Valeria Damasceno, destaca que a abordagem da mídia contribui para deslegitimar a ação dos/das estudantes: “a gente percebe que não há uma tentativa de passar realmente o que está acontecendo nas ocupações, é só essa ideia mais superficial de que a gente tá aqui porque não tem mais nada o que fazer e tal e isso só vem dar argumento pra quem é contra”, afirma a estudante.

Para dialogar a respeito do papel da mídia na despolitização das ocupações e em muitos casos o silenciamento das mobilizações, os/as estudantes da Uneb participaram da roda de conversa sobre democratização da comunicação, realizada pelo Eixo Comunicação do Irpaa, na última sexta-feira (04), na Uneb. Durante a conversa os/as participantes expuseram como a mídia influência de forma negativa a visão da sociedade em relação a luta do movimento estudantil e dos movimentos sociais e a necessidade de construir uma outra comunicação, uma comunicação popular e democrática.

Na próxima terça-feira (08), vai acontecer mais uma assembleia com os/as estudantes, para decidir sobre a continuação da ocupação da Universidade.
 

Texto e Foto: Comunicação Irpaa

 

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Estudantes da UNEB continuam resistindo contra a PEC de reajuste fiscal

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005