IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Representantes de escolas do Semiárido debatem educação contextualizada em Juazeiro

Representantes de escolas do Semiárido debatem educação contextualizada em Juazeiro

Entre os dias 28 e 30 de novembro, Juazeiro (BA) sediou o XV Seminário Intermunicipal de Educação Contextualizado para a Convivência com o Semiárido. O encontro reuniu educadoras/es, estudantes/as, gestores/as escolares, entre outros atores e atrizes da sociedade civil de municípios da Bahia, Alagoas, Ceará e Piauí, com a finalidade de dar continuidade ao debate da educação contextualizada e gestão da água da escola no Semiárido brasileiro realizado nas edições anteriores do seminário.

Organizado anualmente pelo Irpaa, nesta edição do seminário as/os participantes puderam fazer uma análise da conjuntura atual do Brasil, refletindo os impactos desse cenário na efetivação da educação contextualizada e pública. Aristóteles Cardona, conhecido como Ari, contribuiu com o debate e segundo ele, “há quem diga que a PEC 55 é o pior ataque às políticas sociais no Brasil, isso é verdade”. A PEC55 pretende limitar o gasto público em educação e saúde pelos próximos 20 anos.

Política Pública de Educação Contextualizada nos municípios do Semiárido

Durante o seminário foi compartilhada a experiência do município de Valente, na Bahia, que esse ano conseguiu aprovar a lei de Educação do Campo do município de Valente – BA. A experiência foi apresentada pelo professor Perivaldo da Silva Cunha, explicando que o debate em torno da construção da Lei começou em 2011, com contribuição do Movimento de Organização Comunitária (MOC), Universidade Estadual de Feira de Santana e secretarias municipais. Para Perivaldo, o próximo desafio é garantir a implementação da Lei nas escolas do município.

A Implementação da Política de Educação Contextualizada pelas escolas urbanas e rurais de Ipaporanga, no Ceará, também foi apresentada no seminário. Lucineide Martins, representante da Cáritas de Crateús (CE), entidade que vem junto com a comunidade de Ipaporanga implementando a política, diz que o passo inicial para assegurar a efetivação da Lei é dialogar, sensibilizar e buscar o envolvimento da gestão municipal nesse processo, para depois construir a proposta de Lei da educação contextualizada do município.

Esse ano, Ipaporanga conquistou a universalização da educação contextualizada no município, onde educadores/as do campo e da cidade participam de formação. “Ainda existe um equívoco de achar que falar de educação contextualizada só remete ao campo, mas educação contextualizada é referencial para campo e cidade e nesse sentido no município de Ipaporanga se tornou universalizada”, pontua Lucineide.

Para fortalecer a discussão do acesso e gestão da água da escola, os/as participantes puderam conhecer e contribuir na elaboração de um material paradidático, fruto do projeto Água da Escola iniciado pelo Irpaa em 2015, em escolas do Semiárido Brasileiro. O projeto aborda o uso e gestão da água da chuva nas escolas e a temática da água como tema gerador de estudos nas diversas áreas de conhecimento. Para Lucineide, a cisterna é um instrumento pedagógico, que ajuda a levar o debate da contextualização e a discussão do acesso à água.

Na avaliação de Perivaldo da Silva Cunha, toda a discussão do seminário vai contribuir “no nosso dia a dia em sala. Além disso, conhecer outras experiências fortalece nossas lutas na caminhada de trabalhar a educação contextualizada em sala de aula”, afirma.

Estas experiências se juntam a tantas outras no Semiárido brasileiro, como a de Formação de professores/as pela Universidade Federal do Piauí e Resab (Rede de Educação do Semiárido brasileiro), que também foi apresentada no seminário, têm contribuindo na efetivação da educação contextualizada no Semiárido e sua importância para a emancipação e empoderamento do povo sertanejo.

Texto e foto: Comunicação Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Representantes de escolas do Semiárido debatem educação contextualizada em Juazeiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005