IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Comunidades de Canudos participam de mutirão sobre certificação de áreas de Fundo de Pasto

Comunidades de Canudos participam de mutirão sobre certificação de áreas de Fundo de Pasto

A comunidade de Juá, no interior de Canudos é formada por mais de 50 famílias e quase todas elas vivem basicamente da criação de cabras e ovelhas. Esses animais costumam pastar nas terras soltas que ficam nos fundos das roças familiares, e a maioria das pessoas são parentes e nasceram no local. Isso quer dizer que essa comunidade tão tradicional precisa se reconhecer como comunidade de Fundo Pasto.

As características e costumes observados na localidade de Juá, são praticamente os mesmos encontrados também em outras comunidades de Canudos que, desde a ultima terça feira, dia 25, recebem uma equipe de técnicos e agentes que estão fazendo um mutirão em quase todo o município. Essa “força tarefa” tem uma importância crucial para essas comunidades que precisam se autorreconhecerem e fazerem a certificação enquanto Fundos Pastos, para também, conquistarem o título e a regularização dessas áreas tão importantes para a produção e vida dessas Pessoas, porque prazo para isso, encerra-se no dia 31 de dezembro do próximo ano.

Enquanto uma equipe conversava com a comunidade de Juá, no mesmo dia, outras comunidades como Várzea Comprida, Toca Onça, Sítio do Tomáz, Arara, São Bento e Poço da Pedra I, também recebiam outras equipes para discutir o assunto. Esse mutirão todo, em Canudos, conta com o apoio e a presença da Paróquia local, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Canudos, da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos – Uauá e Curaçá (Coopercuc), da Articulação Estadual de Fundo e Fecho de Pasto e do Irpaa, por meio dos colaboradores do Eixo Terra, que também fazem essa discussão em outros municípios da região.

“Sem o fundo de pasto a gente não é nada, porque é nessas áreas que a gente trabalha, cria e tira o nosso sustento”, afirmou Josenilson Ferreira, presidente da Associação Comunitária do Juá. Ele também destacou o quanto o processo de certificação pode ajudar a comunidade a se proteger das ameaças, especialmente dos empreendimentos econômicos que muito tem destruído os recursos naturais de comunidades de Fundo de Pasto, não somente em Canudos como também em vários outros municípios da região.

O mutirão de autorreconhecimento e de certificação nas comunidades de fundo de pasto em Canudos, vai até o próximo dia 27, e atenderá ainda as seguintes comunidades: Lagoa da Besta, Povoado 50, Simplício, Baixas, Poço da Pedra II, Canto da Cacimba, Sombrio e Rocinha. E os formulários preenchidos pelas comunidades e associações, serão encaminhados à Secretaria Estadual da Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) que dentro de 90 dias, dará seguimento nos processos tão importantes para a garantia do sustento dessas famílias cujas vidas e produção dependem basicamente das áreas de fundos de pastos

Texto/Foto - Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Comunidades de Canudos participam de mutirão sobre certificação de áreas de Fundo de Pasto

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005