IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Comunidade de Melancia realiza a 18ª Festa da Mandioca

Comunidade de Melancia realiza a 18ª Festa da Mandioca

No último sábado (06), a comunidade de Melancia, interior de Casa Nova – BA, sediou a 18ª Festa da Mandioca. A tradicional festa nasceu para comemorar a construção do terreiro de raspa de mandioca construído na comunidade. Hoje um dos seus objetivos é preservar a cultura popular da comunidade e ser um espaço de integração entre a comunidade local e demais comunidades da região.

Esse ano, além das manifestações culturais, da feira da agricultura familiar e da participação dos vaqueiros com aboios, a festa contou com momento de formação, a partir das oficinas temáticas: Alimentação animal com plantas forrageiras da Caatinga e Associativismo. De acordo com Maria Estelina da Rocha, esse processo educativo vai contribuir no fortalecimento das práticas da agricultura familiar e na organização social nas comunidades rurais, pontuando que o cenário político brasileiro hoje pede uma maior organização comunitária: “o tempo hoje no Brasil é organização, e a gente tá se perdendo com essa organização... a gente precisa se organizar cada vez mais pra debater os problemas e as questões no nosso país”, pontou Maria Estelina, membro da organização da Festa.

A oficina sobre associativismo foi ministrada por Judenilton Oliveira, estagiário do Irpaa, que durante sua fala abordou a importância das associações comunitárias e suas contribuições na luta por acesso à políticas públicas e a necessidade do envolvimento de toda a comunidade nessa organização. Para a participante da oficina, Madalena Rocha, da comunidade de Ladeira Grande, “a associação contribui em todo o desenvolvimento da sociedade, na organização, na união da comunidade no crescimento econômico. Através da associação você pode resolver os problemas da comunidade, vender os produtos que você produz dentro da comunidade”, pontua a agricultora que participada da Associação de Fundo de Pasto dos Pequenos Produtores e Apicultores de Ladeira Grande, interior de Casa nova.

O professor Ellio Celestino de Oliveira Chagas, do IF Sertão PE ministrou a oficina sobre Alimentação animal com plantas forrageiras da Caatinga, onde abordou a importância do Bioma para prática de criação de caprinos e ovinos, destacando que esses são os animais apropriados para o Semiárido. Além de pontuar o potencial das plantas da Caatinga para a produção de feno e forragens, prática que pode garantir alimento rico de nutrientes para os rebanhos durante todo o ano. O professor ainda chama atenção para a necessidade de preservar esse bioma: “a Caatinga não é recurso eterno, então a gente de alguma forma precisa preservar, se você faz a extração, dessa extração você precisa garantir algumas plantas para sua perpetuação”, afirma Ellio.

Durante a noite a festa da Mandioca contou com a apresentação da roda de São Gonçalo e com show de forró, de cantores da região. A festa é organizada pela Associação de Fundo de Pasto dos Pequenos Produtores do Sítio Melancia e conta com apoio Sajuc, Irpaa, Sasop, do projeto Pró Semiárido, projeto da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR)  e Prefeitura Municipal de Casa Nova.

Texto e fotos: Comunicação Irpaa

.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Comunidade de Melancia realiza a 18ª Festa da Mandioca

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005