IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Juventude do campo realiza movimento “Ocupa escola” como ação da 8ª Jornada Nacional da Juventude Sem Terra, em Juazeiro

Juventude do campo realiza movimento “Ocupa escola” como ação da 8ª Jornada Nacional da Juventude Sem Terra, em Juazeiro

Como parte integrante da 8ª Jornada Nacional da Juventude Sem Terra, estão sendo realizadas desde o dia 07 até o dia 12 deste mês, ações junto a juventude sem terra, da Regional Norte da Bahia, com objetivo de debater a conjuntura política do país, as reformas do governo e, por consequência, a perda de direitos da juventude do campo, principalmente, no tocante ao acesso a políticas públicas de educação.

Em Juazeiro, uma dessas ações foi o movimento “Ocupa Escola”, que aconteceu no dia 11, na escola municipal Paulo Freire, que fica no Assentamento São Francisco, em Juazeiro. Este movimento reuniu estudantes do ensino fundamental II e ensino médio de cinco escolas municipais localizadas em assentamentos, acampamentos e comunidades rurais da região do Salitre, para discutirem sobre as Reformas do Ensino Médio, a perda de direitos da juventude do campo e o projeto da Escola sem Partido. Antes deste momento, aconteceu um trabalho de base pela própria juventude do MST, com o intuito de mobilizar estes estudantes para participarem dos eventos da jornada Nacional da Juventude Sem Terra na região.

O Articulador Regional Norte do MST, Jovanildo Teixeira, explica que esta ação faz parte de uma demanda nacional do MST de reafirmar mais uma vez a importância da juventude na luta social. Ele diz também que a escola Paulo Freire foi escolhida por ser um local que envolveria vários estudantes do movimento sem terra para discutir “sobre o processo político e as crises do país, que consequentemente, vem atingindo todos nós, principalmente, nas perdas dos direitos, não só relacionada ao que defendemos, a luta pela terra, mas que envolve e está relacionado a juventude”, explicou.

Para a professora da Escola, Leidiane Gomes, esta jornada é de grande importância. “A gente já vem trabalhando estes temas na sala de aula, mas diante do golpe na educação estamos num retrocesso. Então, é importante para os alunos conhecer o que está nos afetando e o que pode vim pela frente”, argumenta. Na avaliação da estudante do 8º ano, Ana Priscila Rodrigues, este momento vem para fortalecer ainda mais o vínculo da juventude com o campo, local em que vivem. Para ela, é importante que se defenda uma educação de qualidade para quem vive de produzir na terra.

Na opinião de Leidiane, outra ameaça eminente à cidadania e aos direitos dos/das adolescentes e jovens é o Projeto de Lei nº 867/2015 que institui o Programa Escola Sem Partido. “A proposta da escola sem partido vem para tentar quebrar por vez a consciência do educando. Ele não vai estudar mais a questão da cidadania. Vamos ter várias perdas no ensino. A escola sem partido chegando é uma perda enorme para a educação”, avalia. Na concepção de Rubens Ferreira, morador do assentamento São Francisco e estudante da Escola Família Agrícola de Monte Santo, a aprovação deste projeto não pode acontecer, pois “eles [político] querem que [os/as estudantes] se formem sem pensar, sem ter uma consciência política. E os espaços que o movimento organiza e a gente participa contribuem para que a gente tenham uma formação política, para a gente não ser um analfabeto político”, argumenta o jovem.

Em Juazeiro, a jornada Nacional que está sendo realizada pelo MST Regional Norte culmina no dia 12 com a participação dos/das estudantes no encontro de jovens, que acontecerá neste sábado, no Distrito de Massaroca, onde também acontecerá a Feira de caprinos e Ovinos do Distrito.

Participaram deste momento no Assentamento São Francisco também o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa) e a Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária município de Juazeiro (Adeap).

Texto e fotos: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Juventude do campo realiza movimento “Ocupa escola” como ação da 8ª Jornada Nacional da Juventude Sem Terra, em Juazeiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005