IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Jovens do campo participam de Projeto Piloto de formação em Comunicação através do Pró-Semiárido

Jovens do campo participam de Projeto Piloto de formação em Comunicação através do Pró-Semiárido

O Olhar para a Comunicação como uma estratégia de formação crítica de jovens das comunidades rurais do Semiárido foi o que deu origem ao Projeto Jovens Comunicadores, uma iniciativa da Assessoria de Comunicação e Gênero do Pró-Semiárido, projeto executado em 32 municípios da Bahia através da CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional), que integra a Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia – SDR.

O Pró-Semiárido conta com recursos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agŕicola – FIDA e, com o apoio de entidades como Irpaa e Sasop (Serviço de Apoio a Organizações Populares), iniciou nesse semestre de 2017 a realização de oficinas de comunicação com jovens do Salitre, em Juazeiro, e de Remanso, Casa Nova, Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes. O público das oficinas realizadas este ano totalizou em média 60 jovens, as/os quais já vem desenvolvendo ações de comunicação popular em suas comunidades, sendo identificados pelo Irpaa e Sasop em suas respectivas áreas de atuação.

Além das oficinas, o projeto tem apoiado iniciativas individuais de jovens que tem se destacado em linguagens ligadas à comunicação, arte e cultura popular no Território Sertão do São Francisco, inicialmente, porém com expectativa de que a partir de 2018 seja ampliado para os demais territórios onde o Pró-Semiárido acontece.

Engajamento e Expectativas


No mês de novembro aconteceu a segunda etapa de oficinas com destaque para a linguagem fotográfica. No Salitre, o grupo contemplado foi o Carrapicho Virtual, iniciativa de jovens que já produzem notícias para divulgação no facebook. Cada oficina conta com 16 horas de atividades teóricas e práticas, tanto com conteúdo técnico quanto político. De acordo com Eduardo Ravi, que ministrou a oficina de fotografia, esse trabalho inicialmente “consiste em perceber os contextos que temos a nossa volta e exercitar diferentes maneiras de falarmos sobre esse contexto”. Ravi explica que a proposta considera a fotografia uma forma de contar uma história e uma forma de posicionamento frente a um contexto sócio político.

A jovem Eulina Pereira, da comunidade de Baraúna, já integra o Carrapicho Virtual e considerou o aprendizado interessante, uma vez que relembrou algumas informações que já havia adquirido em outros momentos e aprendeu novas técnicas, destacando as possibilidades de ângulos que podem ser experimentados ao registrar uma imagem. Outro jovem integrante do Carrapicho, Joston Luiz, considera que as oficinas tem sido momentos produtivos e avalia que esse conhecimento pode contribuir para “melhorar a qualidade do nosso trabalho e mostrar mais para as pessoas”.

Foram as duas oficinas já executadas que estimularam Ana Flávia, de 10 anos, da comunidade de Alfavaca, a integrar o Carrapicho. Ela acompanhou como ouvinte em alguns momentos a primeira oficina e na segunda já se juntou ao grupo. Ana diz que gostou muito da oficina de fotografia e aprendeu muitas técnicas, as quais já está colocando em prática com o celular da sua mãe.

Apesar de lidar com um público de adolescentes e até crianças, com toda energia desta fase, Ravi avalia que os grupos com os quais trabalhou nesse primeiro momento é bastante atento e tem compromisso com o projeto, além de disposição para aprender. Para Emília Mazzei, da Assessoria de Comunicação do Pró-Semiárido, a expectativa é que o projeto tenha continuidade e que seja ampliado, contando com atividades até 2021, quando encerra o Pró-Semiárido. Emília reforça ainda a importância de desenvolver este trabalho, uma vez que promove a formação de cidadãos e cidadãs mais conscientes acerca da estrutura e pode da mídia no Brasil e do direito à Comunicação.

Além da produção textual e fotografia, outras linguagens serão trabalhadas nas próximas oficinas e as/os jovens também esperam conhecer outras experiências de comunicação através de Intercâmbios que o projeto possa vir a promover.

Texto e fotos: Comunicação Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Jovens do campo participam de Projeto Piloto de formação em Comunicação através do Pró-Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005