IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Conhecimento, orgulho e preparação para atuar em defesa da natureza: jovens de EFAs na Bahia, concluem curso de Educação Ambiental

Conhecimento, orgulho e preparação para atuar em defesa da natureza: jovens de EFAs na Bahia, concluem curso de Educação Ambiental

Alegria, orgulho, conquista e superação foram alguns dos sentimentos vivenciados durante a cerimônia de encerramento do projeto “Educação Ambiental na Agricultura Familiar: fortalecendo e potencializando a ação da juventude do campo baiano”, que aconteceu nessa última sexta-feira (15), na Escola Família Agrícola de Jaboticaba, em Quixabeira, interior da Bahia.

Estudantes das Escolas Famílias Agrícolas de Quixabeira, Rio Real e Alagoinhas apresentaram ao longo do dia, os projetos socioambientais e as campanhas de educomunicação construídos durante seis meses de desenvolvimento do projeto, onde 120 jovens tiveram formação sobre elaboração de projetos, metodologias participativas, agroecologia, educomunicação e cadastramento de imóveis rurais (Cefir). O processo formativo foi realizado pela Rede de Escolas Famílias Agrícolas Integradas do Semiárido - Refaisa.

Reutilização das águas cinzas, recaatingamento, biodigestor, construção de tecnologia para captação de água da chuva foram alguns dos projetos apresentados pelos jovens para solucionar problemas ambientais encontrados nas EFAs. Para Mateus Motter, analista ambiental do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FMNA), durante as apresentações dos projetos deu para perceber “que houve realmente essa proposta de educação crítica, onde os estudantes conseguiram identificar os problemas ambientais que estavam dentro da sua escola e propor soluções ecologicamente correta pra esses problemas, nesse viés de educação crítica, transformadora e participativa”.

Para a estudante Lívia Araújo da EFA de Quixabeira, que participou da construção do projeto de Implantação do Sistema Agroflorestal, durante a formação os conhecimentos dos/das estudantes foram reconhecidos e valorizados. “Falar do curso é falar de muito aprendizado adquirido, foi uma experiência muito boa, com várias práticas e debates em sala de aula, que fortaleceu muito os conhecimentos dos alunos”, pontua a jovem. Já para o estudante Marcos Luiz Araújo da EFA de Rio Real, que desenvolveu o projeto de Tecnologia de Captação e Armazenamento de Água da Chuva, o projeto vai contribuir para desenvolvimento das Efas e suas atividades pedagógicas “hoje eu estou orgulhoso de ter participado de um curso desse… Hoje eu sei a importância dele para as EFAs e para todos os jovens do campo, que vão ser multiplicadores da educação ambiental”.

Contribuir na formação de jovens agentes multiplicadores em educação ambiental é um dos objetivos do projeto “Educação Ambiental na Agricultura Familiar” que busca fomentar a sustentabilidade na agricultura familiar a partir de práticas sustentáveis e contribuir nas intervenções socioambientais. Segundo a diretora de Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente - Sema, Zanna Matos, “essa formação nos traz elementos, que por meio formativo você pode e consegue fazer com que os jovens se apropriem, se apoderem pra ter subsídio para enfrentar conflitos e questões socioambientais locais e como consequência participação nas políticas públicas”.

De acordo com Tiago Pereira, membro da Refaisa, esse projeto dialoga muito com o processo formativo realizada pelas EfAs junto aos jovens do campo e que a expectativa da Rede é que esse projeto se “transforme em política pública, atendendo um qualitativo maior de pessoas, sobretudo a juventude e as mulheres que estão inseridas no meio rural, sobretudo em regiões do Semiárido da Bahia... A política pública, a partir desse debate de educação ambiental, precisa chegar no rural, precisa problematizar essas realidades e precisa ajudar minimamente reverter esse cenário de crise ambiental que vivemos hoje”, pontua Pereira.

Com esse evento, foi finalizada a primeira etapa do projeto “Educação Ambiental na Agricultura Familiar”, fruto da parceria entre o Fundo Nacional do Meio Ambiente (FMNA) e a Secretaria do Meio Ambiente (Sema). A segunda fase acontecerá no próximo ano com a implementação dos projetos e campanhas elaboradas pelos jovens em suas comunidades escolares.


Texto e foto: Comunicação Irpaa 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Conhecimento, orgulho e preparação para atuar em defesa da natureza: jovens de EFAs na Bahia, concluem curso de Educação Ambiental

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005