IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

“Uma coisa é você ouvir e outra é coisa é ver”, diz agricultor durante Intercâmbio

“Uma coisa é você ouvir e outra é coisa é ver”, diz agricultor durante Intercâmbio

 O Projeto de Assessoria Técnica e Extensão Rural – Ater Sustentabilidade, executado pelo Irpaa em cinco municípios do Território Sertão do São Francisco, está promovendo intercâmbios, momentos em que o público do projeto conhece diversas experiências de Convivência com o Semiárido na região.

Educação formal e não formal, organização comunitária, técnicas de produção apropriada, discussão sobre terra, cultura e comunicação, foram algumas das temáticas que permearam os últimos intercâmbios realizados pela equipe do projeto.

O agricultor Ítalo Robson, que participou de um dos intercâmbios nos dias 15 e 16 de fevereiro, manifestou o compromisso de colocar em prática o que viu de perto ao visitar a comunidade de Cacimba do Silva, distrito de Itamotinga, em Juazeiro e o Centro de Formação Dom José Rodrigues. “Uma coisa é você ouvir e outra é coisa é ver e pôr em prática, a partir de que os técnicos falam e mostram, a gente vê que dá certo”, afirma o agricultor, que é conhecido como Robinho e reside na Fazenda Umbuzeiro, em Curaçá (BA).

Esse era mesmo o objetivo, conforme aponta Letícia Santos, colaboradora do Irpaa e uma das responsáveis por organizar o Intercâmbio: “a ideia é que eles visualizassem tudo isso que a gente fala, mostrar que é possível produzir e garantir a sustentabilidade que a gente tanto fala”, diz a técnica em agropecuária.

Em Cacimba do Silva o grupo conheceu a experiência de criação de galinhas e de cabras de leite, colhendo elementos para potencializar essa prática que já é realizada por muitas famílias acompanhadas pelo projeto. Já no Centro de Formação Dom José Rodrigues, as/os participantes – que variavam desde adultos, jovens, idosos e crianças de Curaçá (BA) – fizeram a Trilha da Convivência com o Semiárido, um trajeto pedagógico que aponta diversos elementos que podem ser adotados nas comunidades rurais e propriedades particulares. Toda a caminhada é feita com abordagem técnica e política acerca das tecnologias voltadas para a valorização do Semiárido.

As/os agricultores destacaram o compromisso de colocar em prática as experiências vistas, a exemplo da agricultora Gisele Gomes, da comunidade de Mucambo, que saiu animada em implantar em sua propriedade a Bet (Bacia de Evapotranspiração) para reutilizar a água do esgoto. O agricultor Alexandre Alves, de Curral Velho, diz que gostou muito do que viu e que se soubesse já teria visitado antes o Centro de formação do Irpaa, confirmando assim a importância desse tipo de atividade.

Após a trilha, o grupo discutiu um pouco o acesso à terra, com destaque para a importância do auto reconhecimento e certificação das comunidades Fundo de Pasto, visando a regularização dessas áreas coletivas. Outro tema em debate foi o direito à Comunicação, apontando a mídia como um instrumento de poder político e cultural e manipulação da população.

 

Texto e fotos: Comunicação Irpaa


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

“Uma coisa é você ouvir e outra é coisa é ver”, diz agricultor durante Intercâmbio

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005