IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Manifestações em Juazeiro e Petrolina marcam início da Jornada de Lutas das Mulheres

Manifestações em Juazeiro e Petrolina marcam início da Jornada de Lutas das Mulheres

 

Antecipando as manifestações do 08 de março, que este ano será feriado de carnaval, mulheres, homens e crianças de Movimentos Camponeses da região e entidades de apoio participaram de caminhada no sentido Juazeiro (BA)/Petrolina (PE), a qual encerrou com uma reunião com a Gerência do INSS após ocupação da sede em Petrolina.
 
A ação, proposta por movimentos da região que integram a Via Campesina (MAB, MST, MPA) faz parte da “Jornada de Lutas das Mulheres” que no Vale do São Francisco envolveu cerca de 400 pessoas que, com bandeiras e gritos de ordem, atravessaram a ponte Presidente Dutra para reivindicar a desburocratização e agilidade na garantia dos direitos trabalhistas, sobretudo das mulheres do campo, a exemplo da aposentadoria, salário maternidade, auxílio doença.
 
Além disso, os movimentos elaboraram uma pauta de reivindicação a ser encaminhada para órgãos como o Incra, Codevasf e Governos Estaduais da Bahia e Pernambuco. Para a militante do Movimento de Atingidos/as por Barragens, Marta Rodrigues, a pauta específica das mulheres na ocasião é apenas uma expressão de uma demanda maior de direitos que precisam ser garantidos como o acesso a água, a terra, a saúde, entre outros fundamentais.
 
A partir da ocupação, os movimentos conseguiram se reunir com o Gerente Regional da Previdência Social, Mauro Antônio Gomes, o chefe de Benefícios, Junior Lima e uma representante do Incra. A pauta de reivindicação foi protocolada e os movimentos sociais e entidades apoiadoras participantes da reunião exigiram uma audiência com órgãos governamentais com poder deliberativo. Ao final da conversa, a audiência foi marcada para o dia 16 de março às 10h no prédio do Incra, em Petrolina. Na ocasião, além dos movimentos deverão está presentes representantes do INSS, Incra, Codevasf Juazeiro e Petrolina, Chesf e Ministério Público.
 

Jornada de Lutas
 
A luta pelo direito à terra, território, água, saúde, moradia, educação contextualizada, alimentação de qualidade, segurança, previdência social entre outros, são temas centrais a serem pautados em manifestações durante o mês de março. A campanha contra o agrotóxico, uma das prioridades da Via Campesina em 2011, também tem tido destaque nas mobilizações. Em Eunápolis, no Extremo Sul da Bahia, 1500 mulheres ocuparam no último dia 28 a multinacional Veracel que mantém a monocultura do eucalipto em terras devolutas.
 
A Jornada é uma iniciativa dos movimentos camponeses com o objetivo de denunciar a violação dos direitos das mulheres do campo e da cidade e reivindicar políticas voltadas para a garantia da qualidade de vida das agricultoras.
 
Participaram da organização da manifestação no vale do São Francisco:
 
MAB – Movimento dos/as Atingidos/as por Barragens
MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra
MPA – Movimento de Pequenos Agricultores
Movimento de Fundo e fecho de Pasto
Movimento dos Pescadores e Pescadoras
Comunidades Quilombolas
IRPAA – Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada
CPT – Comissão Pastoral da Terra
 

 

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Manifestações em Juazeiro e Petrolina marcam início da Jornada de Lutas das Mulheres

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005