IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Projeto Recaatingamento ajuda a combater desertificação no município de Canudos

Projeto Recaatingamento ajuda a combater desertificação no município de Canudos

Neste mês de junho, na comunidade de Barriguda, em Canudos, cerca de 40 pessoas participaram de mutirão para plantio de mudas de macambira, com a finalidade de recuperar solos erosivos. A ação, realizada pelo Irpaa, através do Projeto Recaatingamento, reuniu criadores e criadoras das associações agropastoris das comunidades de Angico, Caipan e Alto Redondo, pescadores e pescadoras de Rocinha, religiosas, representantes do Fórum de Desenvolvimento Sustentável do município, além de técnicos e técnicas do programa Gente de Valor e do Irpaa.

A degradação das terras na região de Canudos é resultante do uso inadequado de recursos naturais como a fauna e a vegetação densa. Segundo depoimentos de moradores das comunidades de Angico e Barriguda, esses processos foram induzidos pelos grandes fazendeiros com a criação do gado bovino, o que produziu a deterioração da cobertura vegetal, do solo e de outros recursos.

Os levantamentos feitos pelo Projeto Recaatingamento, que conta com o patrocínio da Petrobras, identificaram características dos solos e o recobrimento vegetal. Segundo dados do marco zero, realizado em uma área de 23 hetares do Módulo de Recaatingamento, a cada 10 m² percorrido, a vegetação apresenta significativa diminuição da densidade absoluta, confirmando a intensidade de degradação dos solos. As espécies com maiores densidades são vistas com pouca freqüência, verificando-se apenas pequenas manchas que variam entre 2 m² a 3 m², com destaque para a presença da macambira e do alecrim.

As ações do Recaatingamento no município vem contribuindo para que famílias e outras organizações observem com mais intensidade os ambientes degradados, sobretudo a ocorrência de grandes erosões, fortes indicadores de degradação. Isto tem resultado no engajamento de produtores, ambientalistas e organizações de Canudos, que passam a refletir e agir contra o processo de desertificação, contribuindo com a recomposição florestal de áreas degradadas nas comunidades tradicionais com sistemas agropastoris e extrativistas.

Na realização do mutirão foram plantadas 2 mil mudas de macambiras, em uma média de 30 erosões. Para a técnica Maria de Lourdes de Almeida, ações como estas provocam a reflexão e impulsionam a prática das famílias na recuperação de áreas degradadas da caatinga, bem como contribuem para a consciência ecológica necessária à preservação do ambiente. A atividade em mutirão, na opinião da técnica, contribui também para que não se perca a essência da coletividade que permeia a proposta de Convivência com Semiárido.


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Projeto Recaatingamento ajuda a combater desertificação no município de Canudos

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005