IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Bispo dos excluídos foi sepultado em Juazeiro

Bispo dos excluídos foi sepultado em Juazeiro

Dom José Rodrigues faleceu no domingo e seu corpo foi trazido para a cidade de Juazeiro Bahia, onde foi nomeado bispo em 1975. Fiéis,militantes, pastorais sociais e movimentos fizeram suas ultimas homenagens na manha desta terça feira, onde em seguida o cortejo seguiu para a comunidade de Carnaíba do Sertão.

Durante o velório os fies celebraram a vida e a memória de Dom José Rodrigues, através das orações, cantos e histórias de testemunhos contados por padres, amigos e militantes sociais que conviveram com ele.

Para Roberto Malvezzi, Gogó, membro da Articulação Popular São Francisco Vivo e um dos que esteve ao lado do bispo nos trabalhos sociais, a memória do Dom vai ser permanente e o grande legado que ele deixa é a luta pela justiça a partir dos pobres e oprimidos. ”Muita gente vai esquecer, até a igreja também pode esquecer, mas o povo desta região nunca vai esquecer”, desabafou.

Ao falar das novas sementes inspiradas na vida de Dom José Rodrigues, Gogó afirma que diante dos desafios e das perseguições sempre surgem novos profetas, a exemplo dos novos mártires pela causa ambiental e a superação da fome, da pobreza em nossos dias atuais.

Conhecido como bispo dos pobres e excluídos, Dom José Rodrigues tornou-se conhecido pelo seu trabalho desenvolvido na Diocese de Juazeiro, o qual iniciou na década de 70, período em que se confundia com as forças militares e políticas e a perseguição a qualquer tentativa de organização social. Foi também o momento em que a barragem de Sobradinho estava sendo construída. O Dom desafiou o poder da época e até algumas tendências conservadoras da própria igreja católica, assumindo a opção pelos pobres e excluídos.

Um dos instrumentos utilizado pelo Bispo para dar vez e fazer ouvir o grito dos pobres foi o trabalho na linha da comunicação popular, através da criação do Setor Diocesano de Comunicação e Audiovisual (Sedica) e os programas de rádio através dos comunicadores e comunicadoras populares.

Seu trabalho inspirou o surgimento de organizações populares na luta pela Convivência com o Semiárido, a exemplo do Irpaa, e criou pastorais sociais que disseminaram o protagonismo das comunidades eclesiais de base.

Para o Padre Josemar Mota, responsável pela paróquia da catedral de nossa Senhora das Grotas, a morte de Dom José representa um momento de dor e saudade que leva aos cristãos a professar a sua fé e manter vivo o compromisso pela vida e a busca de um mundo melhor. “Dom José foi um homem que viveu a palavra de Jesus, entregou sua vida pela causa do reino. Com sua presença no Vale do São Francisco, nós podemos até afirmar que Deus pisou no nosso chão na pessoa de Dom José Rodrigues”,concluiu.

O cortejo com o corpo de D. José saiu da catedral, percorrendo as ruas de Juazeiro e prosseguiu até o Centro de Formação da Diocese na comunidade de Carnaíba, onde foi feita a despedida e o sepultamento.

Texto: Uilson Viana - Estudante de Jornalismo da UNEB, membro do Fórum de Comunicação Sertão do São Francisco e da equipe de comunicação da CPT – Juazeiro.

Foto: IRPAA
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Bispo dos excluídos foi sepultado em Juazeiro

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005