IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Convivência com o Semiárido é discutida em lançamento de livro no Campus III da UNEB

Convivência com o Semiárido é discutida em lançamento de livro no Campus III da UNEB

Na última quinta feira (25) aconteceu na Universidade do Estado de Bahia, em Juazeiro, o V Ciclo de Estudos do Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão em Educação Contextualizada (NEPEC) e o e o lançamento do livro “Natureza, Território e Convivência: Novas Territorialidades no Semiárido Brasileiro”, da geógrafa Luzineide Dourado Carvalho. O encontro abordou a discussão sobre a Educação na perspectiva de Heidegger e as correlações com a circum-mundaneidade da Convivência com o Semiárido Brasileiro, com o filósofo João Gelson Tesser, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O professor João Gelson fez sua explanação a partir de assuntos como tecnologias, natureza, cidades e educação, baseado nos pensamentos de Heidegger. Ele também discutiu que o entendimento do mundo está sendo em torno do capitalismo, e que o papel da cidade/metrópole é de ser um ambiente de estudo e pesquisa e não voltado para lucro, ressaltou que o homem está cada vez mais preocupado em ter do que ser, principalmente na cidade. “Talvez a gente encontre mais autenticidade no homem do campo do que na metrópole”, afirmou.

Em outro momento do evento Luzineide Dourado fez o lançamento do seu livro, que foi resultado do trabalho de tese do seu doutorado. O livro nasceu do mapeamento do Território Sertão do São Francisco, cujo objetivo era identificar os programas e práticas de Convivência, como o acesso à água, democratização da terra, comercialização dos produtos identitários e outras ações desenvolvidas por instituições como Irpaa e Sasop (Serviço de Assessoria a Organizações Populares).

Luzineide Dourado demostrou sua preocupação em fazer um livro com uma linguagem de fácil leitura e não acadêmica, mas que não perdesse conteúdo, e apontou a abordagem de retratar um Seminário humano como um diferencial no seu livro. “Dois diferencias é representando no livro: um é mostrar um Semiárido diverso, plural e não ficar só na discussão da seca, mostrar seu potencial, se assumindo com suas potencialidades; e outro diferencial é na dimensão humana, do que é ser um sujeito no Semiárido”, comentou.

Ela também fala das descobertas feitas a partir das suas pesquisas, uma delas é à força da mulher sertaneja. Para a professora, as mulheres estão sendo protagonistas das ações de Convivência com o Seminário e cada município do Território Sertão do São Francisco tem sua peculiaridade.

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Convivência com o Semiárido é discutida em lançamento de livro no Campus III da UNEB

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005