IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Seagri afirma que faltam projetos para concorrer aos editais do governo

Seagri afirma que faltam projetos para concorrer aos editais do governo

Durante encontro do Território Sertão do São Francisco, realizado neste dia 13 em Juazeiro, a secretaria de Agricultura da Bahia, através do Superintendente da Agricultura Familiar, Wilson Dias, destacou a necessidade das organizações apresentarem projetos para os editais lançados pelas secretarias e ministérios via política de desenvolvimento territorial.

Como exemplo mais próximo de poucas demandas apresentadas, Wilson citou os editais lançados em 2012 pelo Programa Vida Melhor no campo: mais oportunidade para quem mais precisa, do governo da Bahia. O Programa desenvolve ações no meio rural a partir dos componentes: Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), fomento às atividades produtivas e agroindustrialização e comercialização. Alguns editais do Programa ainda encontram-se abertos, mas poucos projetos são enviados, afirma o superintendente.

Na linha de agroindustrialização e comercialização, os editais (alguns ainda abertos) pretendem selecionar 339 projetos a serem executados por associações, cooperativas e grupos produtivos informais, o que somaria pouco mais de R$ 61 milhões.

O propósito, de acordo com a Superinitendência de Agricultura Familiar – Suaf – é lançar um conjunto de editais a cada semestre contemplando os três componentes do Programa, focando sete cadeias produtivas priorizadas pelo Programa na área rural: mandiocultura, ovinocaprinocultura, apicultura, psicultura, fruticultura, bovinocultura leiteira e oleaginosos.

Processo Seletivo

Para participar, as entidades precisam cumprir três etapas distintas e complementares: habilitação jurídica; Análise de Manifestação de Interesse; e Visita de Campo para avaliação local. A manifestação de interesse, segundo a Seagri, foi pensada para facilitar o acesso dos grupos, pois a mesma não consta de muitas exigências. “Nós queremos simplificar o processo de acesso”, reforça Wilson Dias.

Para o integrante do Naenda, ONG que compõem o Fórum do Território Sertão Francisco, Marcio Ângelo Ribeiro, muitas vezes a informação não chega a determinadas entidades e pessoas, além do processo burocrático que em muitos casos ainda é um entrave. Na opinião de Marcio, os meios de comunicação mais acessados como rádio e Tv não divulgam satisfatoriamente esse tipo de informação.

No próximo dia 17, mais um edital será lançado no componente agroindustria e comercialização. Serão aceitos Projetos de Dinamização da Cadeia Produtiva da ovinocaprinocultura de leite e o prazo para envio vai até o dia 30 de janeiro de 2013. Os recursos deste edital somam R$ 3.953.870,00 para o total de 50 projetos que podem ser enviados.

Mais informações, acesse: www.car.ba.gov.br/


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Seagri afirma que faltam projetos para concorrer aos editais do governo

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005