IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Arcas das Letras vai distribuir livros em comunidades do Semiárido

Arcas das Letras vai distribuir livros em  comunidades do Semiárido

Seis municípios do Território Sertão do São Francisco vão receber o Programa Arca das Letras, que contempla comunidades rurais com entrega gratuita de 200 exemplares de livros. Essa ação tem como objetivo facilitar o acesso aos livros e proporcionar lazer para as crianças, jovens e adultos do meio rural, a partir do hábito da leitura.

Cacimba do Silva, no interior de Juazeiro na Bahia, foi à primeira comunidade rural a ganhar a Arca. Entre os livros estão exemplares de gibis, romances, paradidáticos produzidos pelo Irpaa, entre outros. A arca vai ficar na casa da Agente de leitura Rute Ferreira, que já pensa em aumentar o acervo através de doações e diz que a casa de outras pessoas da comunidade, também pode ser transformada em um espaço de leitura, uma vez que é possível transportar o móvel para outros locais, tornando-se uma biblioteca itinerante.

A entrega da arca aconteceu na última quinta feira (31), integrando a programação do SemiáridoShow. Dentre outras pessoas, estavam presentes no ato simbólico José Gilvan da Silva, representante da associação da comunidade, Márcio Irivan Passos, presidente da cooperativa, Maria Dione Silva Ferreira, coordenadora do programa e Tiago Pereira, colaborador do Irpaa.

Durante a cerimonia de entrega, crianças de Cabimba do Silva cantaram e declamaram poesias, além de ajudar na organização dos livros na arca, construindo o primeiro contato com os exemplares. Para Márcio Passos, as/os jovens da comunidade também precisam ser estimulados/as a praticar o ato da leitura e acredita que essa conquista da arca vai contribuir para esse envolvimento. 

Para Alaíde Régia Sena, pedagoga do Irpaa, a arca vem agregar o trabalho de educação contextualizada desenvolvida pela instituição. Essas contribuições aconteceram “nas rodas de leitura, nos trabalhos com as comunidades, nas conversas, na cotação de estórias, no contar e ouvir estórias”, comentou Alaíde.

De acordo com Tiago Pereira, a Arca das Letras vai contribuir no fortalecimento do trabalho do Irpaa. “O Irpaa tem um acúmulo de conhecimentos e acervo, e o Programa Arca das Letras vem fortalecer esse acúmulo”, afirma. Ele ainda ressalta que as publicações disponibilizadas pelo Governo Federal vão ampliar os instrumentos de leituras das comunidades rurais.

As próximas comunidades agraciadas com a arca são os municípios de Canudos, Uauá, Curaçá, Juazeiro, Sobradinho, Casa Nova.

Como acessar ao Programa da Arca das Letras


No Território Sertão do São Francisco o Programa Arca das letras é desenvolvido pelo MDA, em parceria com o Ipraa, beneficiando as famílias atendidas pela de Assessoria Técnica e Extensão Rural (Ater). As comunidades que não são contempladas com o serviço de Ater podem acessar o programa através do preenchimento de uma solicitação da Arca das Letras, diretamente com o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

A solicitação pode ser feita por associações, igrejas, centros comunitários ou outra organizações sociais, localizados no meio rural.

 

Acesse aqui o edital do Arcas das Letras

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Arcas das Letras vai distribuir livros em comunidades do Semiárido

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005