IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Avanços e possibilidades para Educação Contextualizada ao Semiárido é destaque em abertura de Seminário Nacional

Avanços e possibilidades para Educação Contextualizada ao Semiárido é destaque em abertura de Seminário Nacional

Na manhã do dia 03 de dezembro, no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro – BA, representantes do governo Federal, Universidades, Organizações Não Governamentais e a organização do evento abriram os trabalhos do Seminário Nacional de Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido. Na mesa de abertura participaram representantes da Articulação do Semiárido brasileiro (Asa), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Rede de Educação do Semiárido Brasileiro (Resab), Irpaa, Secretaria Municipal de Educação de Juazeiro (Seduc) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

As falas destacaram os avanços e as possibilidades para a Educação Contextualizada para a região. Para a Professora Drª Luzineide Dourado, da UNEB, a criação do mestrado de Educação, Cultura e Territórios Semiáridos da UNEB é um avanço no Território Sertão do São Francisco e para toda a região semiárida. O Reitor da UFRB, Paulo Gabriel Nacif pontuou a necessidade de se discutir a criação de um centro de Formação no Semiárido, onde reúna experiências, desenvolva pesquisas e seja um espaço de articulação entre várias entidades com atuação na região.

Adelaide Pereira, representante da Resab, registrou que a existência da Rede tem conquistado resultados positivos ao longo destes 13 anos, como a produção de publicações na área, entre elas as periódicas e o caderno multidisciplinar, e participação em espaços públicos e estratégicos comprometidos com a realidade daqueles que são excluídos dos bens públicos. Haroldo Schistek, da coordenação do Irpaa, lembrou de como foi criada esta Rede e como a sua existência ampliou a proposta da Educação Contextualizada, sendo este um espaço onde tem dado certo a articulação entre governo e movimentos sociais. Ele registrou ainda que esta articulação é um “grito de independência do ensino por Bioma e não por divisão geográfica”, defendeu.

Nesse Seminário os objetivos são de fortalecer a Rede, aprofundar e ao mesmo tempo apontar desafios na busca da consolidação da proposta de Educação Contextualizada, referendada na Convivência com o Semiárido. Para uma das coordenadoras do evento, Lucineide Martins, “a Resab tem a clareza nesse seminário de um aprofundamento e ao mesmo tempo de sair com compromissos e acompanhamentos que apontem um redirecionamento na política Educacional dessa região semiárida”.

Para dar continuidade as atividades, foi realizada em seguida o Painel “Convivências e projetos de Desenvolvimento Sustentável no Semiárido Brasileiro”, com a Profª Drª Luzineide Dourado, Jerônimo Rodrigues, assessor especial do MDA para o Semiárido, Cleuza Rodrigues, da Asa. O Seminário acontece até quinta-feira (05) e é uma realização da Resab e do Irpaa. A programação completa está disponível no site www.ecasab.com.br.

Texto e Foto: Comunicação Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Avanços e possibilidades para Educação Contextualizada ao Semiárido é destaque em abertura de Seminário Nacional

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005