IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Notícias

Audiência Pública marcou o lançamento do Pronatec no município de Sobradinho

Audiência Pública marcou o lançamento do Pronatec no município de Sobradinho
 
No dia 03 de fevereiro, com o plenário cheio da Câmara de Vereadores do município de Sobradinho, o Programa Nacional de Acesso a Ensino Técnico e Emprego foi lançado para a população pela comitiva do Instituto Federal Campus de Petrolina/Zona Rural, PE, a Associação Comunitária Mantenedora da Escola Família Agrícola de Sobradinho – Amefas e o Bahia Pesca.
 
Na solenidade foram convidados a compor a mesa o Instituto da Pequena Agropecuária Apropriada-Irpaa, o Serviço de Assistência Socioambiental no Campo e Cidade- Sajuc, os vereadores, Adilson Ribeiro, Manoel Messias e Cícero (Batata), a Colônia de Pescadores, a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola – EBDA, o Agente do Território Sertão do São Francisco, a Bahia Pesca. Na audiência estavam presentes também lideranças locais, secretaria de educação do município, entre outras representações sociais.
 
O momento também foi de apresentar para a população o Pronatec e todas as informações desde que se iniciou este dialogo, há quase um ano, entre o IFPE e a Amefas e a Bahia Pesca para a vinda do Programa para o município, já que este foi o primeiro lançamento do Programa coordenado pelo IFPE em território baiano. Aconteceu também uma explanação sobre os cursos que serão oferecidos, como funciona o programa, quem está financiando, quem pode participar, processos seletivos, entre outras informações. A Comitiva do IFPE, composta pela Coordenação do Programa no Campus Sertão, os professores Fábio Freire e Pedro Noronha e a supervisora do Programa, Gildalva Santos, apresentaram o programa e conduziram o debate com a população.
 
Para o presidente da Amefas e ex-estudante da Efas, Ademilson da Rocha (Tiziu), a oferta destes cursos do Programa para o povo de Sobradinho é resultado dos anseios da Escola Família Agrícola e de parceiros de alcançar a melhoria da qualidade de vida da população, “ quando você consegue aprofundar seus conhecimentos, suas práticas, suas técnicas, o manejo que você tem em relação a esta atividade, você tem a perspectiva de conseguir muito mais resultados na gestão dos processos, na organização da produção, na geração de mais renda a partir daquele trabalho”, considera.
 
Ele avalia ainda que é uma possibilidade de garantir espaço de educação profissionalizante na própria cidade e entorno, diminuindo o deslocamento das pessoas para outras cidades em busca de aperfeiçoamento profissional. A expectativa da Associação e das entidades parceiras, como o Irpaa, é chegar também a disponibilizar o ensino médio na própria Efas e também de avançar na oferta de cursos profissionalizantes, conquistar cursos técnicos e universitários na perspectiva da Convivência com o Semiárido, principalmente para a juventude, como a luta pela implantação de um campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco no município.
 
Para a moradora local e pescadora, Erenildes Rodrigues Barbosa, a chegada destes cursos no município é uma oportunidade para aperfeiçoar a profissão e de ter acesso a novos conhecimentos, além de ter a possibilidade de adquirir um certificado das habilidades ao final de cada curso. Ela afirma que tem a expectativa que sejam ofertados mais cursos em outras áreas para o fortalecimento da profissão dos/as pescadores/as.
 
Pronatec em Sobradinho
Os cursos do Pronatec serão ofertados para a população de Sobradinho a partir desta parceria entre o Instituto Federal de Pernambuco, a Amefas e a Bahia Pesca, com o apoio do Ministério da Pesca. A partir deste lançamento, os próximos passos serão a abertura do edital de seleção da equipe de apoio do município e dos professores que irão ministrar os cursos. As inscrições serão iniciadas após esta fase, com previsão para acontecer no início de março e as aulas com previsão para começarem na segunda quinzena do mesmo mês.
 
Piscicultor, operador de pescado, criador de peixe de tanque rede e criador de peixe de tanque cavado serão os cursos ofertados no município ainda este ano, cada um com 30 vagas, totalizando 240 vagas. Cada curso terá a duração de 200hs, com a exceção do de Psicultor que será de 160h. As inscrições serão gratuitas e poderão ser feitas no escritório da Amefas/Irpaa, em Sobradinho. Mais informações sobre o processo de inscrição, critérios para participar, início dos cursos serão divulgadas posteriormente pelas entidades responsáveis pelo Pronatec no município.
 
Comitiva do Instituto Federal de PernambucoPara o coordenador Adjunto do Pronatec no Campus de Petrolina/Zona Rural, Fábio Freire, a chegada do Instituto de Pernambuco no Estado da Bahia foi “pela potencialidade da região, pela proximidade do nosso Campus e assim cumprir com uma obrigação nossa, do Instituto Federal, que é promover uma redução da desigualdade social. Acreditamos que isto acontece por meio do conhecimento”, explicou.
 
Ainda de acordo com Fábio, estes quatros cursos são do primeiro convênio com o Ministério, mas há expectativas que em curto prazo poderá ser feito novo pacto para mais cursos em outras áreas demandadas pela população de Sobradinho, isto também vai depender do desenvolvimento desta primeira fase. Ele explicou ainda que estes cursos iniciais são direcionados para todo cidadão que tenha interesse em iniciar ou se aprofundar na área de piscicultura.
 
Gilmar Nascimento (Juriti), Bahia Pesca e Amefas, explica que estes espaços de formação já uma luta e anseio de pescadores artesanais e que este resultado é mais uma vitória para este segmento da sociedade. Além disso, ele explica que muitas vezes estas formações não chegam no campo e que o Programa é mais uma “possibilidade para que estas comunidades sejam inseridas nesse processo de conhecimento e tenham possibilidade de entrar no mercado de trabalho, dentro desse contexto de formação para os pescadores artesanais e agricultores familiares”, pontuou.
 
Conheça a Amefas
Associação Comunitária Mantenedora da Escola Família Agrícola de Sobradinho – Amefas, surge no inicio dos anos 90, visando atender as necessidades das famílias rurais ao oferecer uma educação básica diferenciada, que leve em consideração o contexto em que as comunidades estão inseridas. A precariedade das estruturas físicas dos serviços básicos, falta de professores e de acesso ao transporte escolar, vem ao longo dos anos levando as/os jovens do campo a não disporem de oportunidades para continuarem os estudos, a partir da 4ª serie, são parte deste contexto. Durante esses 24 anos, a associação e a escola comunitária buscam a qualificação do público alvo, por meio de uma educação inovadora e contextualizada, pautadas na teoria e prática, com base na Pedagogia da Alternância.
 
Saiba mais sobre o Pronatec pelo site: www.pronatec.mec.gov.br
 
Texto e Foto: Comunicação Irpaa 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Audiência Pública marcou o lançamento do Pronatec no município de Sobradinho

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005