IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Manejo alimentar e sanitário do rebanho a partir do potencial da Caatinga é tema de palestra

Manejo alimentar e sanitário do rebanho a partir do potencial da Caatinga é tema de palestra
 

 

 A formação com o tema “manejo alimentar e sanitário do rebanho a partir do que a Caatinga oferece” foi realizada para colaboradores/as do Irpaa que atuam no Projeto de Assessoria Técnica e Extensão Rural – Ater. Esta formação continuada foi parte da Programação do V Encontro de Ater, que iniciou dia 06 e encerra neste 8 de março no Centro de Formação Dom José Rodrigues e reuniu as técnicos/as de campo, coordenação, equipe multidisciplinar, articuladores municipais, entre outros colaboradores/as do Irpaa.

Para o médico veterinário, colaborador do Irpaa, André Luiz, neste momento foi possível discutir e aprofundar conhecimentos dos/as atores que dialogarão diretamente com os/as agricultores/as sobre estas questões. André explica que na parte do manejo alimentar sempre tem se abordado a cultura do estoque: “o agricultor precisa sair das vendas, deixar de comprar alimentos para produzir o alimento da criação na própria roça... claro de forma sustentável, sem agredir a Caatinga”, considera.

Ação e reflexão da prática

Para o coordenador do Projeto, Tiago Pereira, esta formação tem um contexto relacionado com o que se diagnosticou a partir das intervenções de Ater em campo, especificamente, sobre a cultura das famílias de comprarem alimentos para os animais de pequeno porte e também o controle sanitário. Ele explicou que é preciso orientar as famílias para a sustentabilidade das suas produções, que foram aprimoradas com o recurso proveniente do fomento destinado aos beneficiários/as do projeto.

Ainda de acordo com Tiago, este recurso é passageiro e as famílias precisam se preparar para os períodos de estiagem sem o dispêndio de altos custos com a alimentação animal. “O agente de Ater sai dessa formação com uma série de técnicas simples que as famílias podem aplicar e aprimorar as suas atividades produtivas. Neste sentido, foi tratado desde o manejo sanitário até o alimentar dos animais com o potencial que a Caatinga nos oferece”, informa Tiago.

Dentro da programação do Encontro foram realizadas também avaliação do primeiro ano do projeto e planejamento das atividades para os próximos meses. Em outro momento, a equipe também conheceu e discutiu sobre as concepções pedagógicas em Ater e educação popular no contexto do Semiárido, provocando reflexões acerca da realidade educacional da região e os reflexos na sociedade.

Dia internacional da mulher

Em comemoração ao dia Internacional da Mulher, as/os participantes foram envolvidas/os em um momento místico para refletirem sobre a questão de Gênero, uma temática transversal no trabalho de formação feito pelo Irpaa.

O Projeto de Ater é executado pelo Irpaa em cinco municípios do Território Sertão do São Francisco, em Convênio com o Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Agrário- MDA, como parte do Plano Brasil Sem Miséria. Nesta primeira fase do projeto são mais de 40 profissionais desenvolvendo as suas atividades juntamente com 2.500 famílias do campo de Curaçá, Casa Nova, Uauá, Canudos, Juazeiro e Sobradinho.

Texto e Foto: Comunicação Irpaa
 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Manejo alimentar e sanitário do rebanho a partir do potencial da Caatinga é tema de palestra

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005