IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:



Notícias

Educação contextualizada é discutida a partir das experiências da Comunidade, no interior de Casa Nova

Educação contextualizada é discutida a partir das experiências da Comunidade, no interior de Casa Nova

Estudantes do curso de pedagogia Plataforma Freire da Universidade do Estado da Bahia participaram de uma atividade na comunidade de Melancia, município de Casa Nova, localidade onde eles estudam e são professores/as da rede municipal. Nesse último sábado, os educadores/as puderam conhecer e debater as ações de Convivência com o Semiárido desenvolvida pelo Irpaa e demais instituições da região.

Durante a trilha de Convivência com o Semiárido, cerca de 38 professores/as conheceram às tecnologias para a captação e armazenamento de água da chuva, os animais, os cultivo e as pastagem adaptados às condições climáticas da região. Eles/as também tiveram a oportunidade de ver de perto o projeto Recaatingamento e a unidade de beneficiamento de mandioca na comunidade.

Na ocasião, dialogaram sobre o acesso a terra, a educação contextualizada, a importância da organização social para o fortalecimento da comunidade, às políticas públicas voltadas para o Semiárido e demais temáticas. Toda essa conversa foi mediada por colaboradores/as do Irpaa e por moradores/as da comunidade.

O percurso da trilha contemplou algumas propriedades da comunidade, demostrando in loco a proposta de Convivência e como os moradores vivem de forma digna, potencializando as riquezas oferecidas pela Caatinga de forma realmente sustentável. Este é o mesmo espaço ao qual o grupo está inserido e desenvolvendo o seu papel de multiplicadores/as de conhecimento, como educadores/as.

Repensando o curriculum escolar

Rubenice Gonçalves, professora da disciplina educação para o campo e responsável pela atividade, fala que a proposta desse momento surgiu da observação do distanciamento que esses estudantes têm a partir da educação do campo. “Eu percebia pela fala dos professores que eles não conheciam a realidade, muitos deles não tinham essa convivência com zona rural e eles tinham essa dificuldade muito grande de trazer essas discussões para dentro da sala de aula por falta de conhecimento”, afirma.

Para a Rubenice um dos objetivos dessa visita é possibilitar que esses educadores/as repensem e reconstruam o curriculum da escola do campo, (re)aproximando esses estudantes da sua realidade. Durante a caminhada, alguns participantes demostraram interesse em mudar o olhar e as ações dentro da sala de aula, sejam nas escolas do campo ou não.


A estudante Silvia Castro, comentou como a vivência desse dia vai permitir que os conteúdos trabalhados em sala de aula, com seus estudantes, sejam de forma contextualizadas. “A partir do que você viu aqui, como o Recaatingamento, a importância da Caatinga para esse povo que mora aqui, isso em sala de aula vai ser trabalho contextualizado... o aprendizado vai ser mais efetivo para o aluno”, declara.


Além de conhecer toda a proposta de Convivência com o Semiárido, o grupo pode conhecer a história, as ameaças, os desafios e conquistas da comunidade, através dos relatos dos moradores. Para a moradora Nazaré Silva, essa visita ajuda a valorizar a comunidade e toda sua trajetória de luta e organização, “dentro na nossa comunidade, da nossa luta vai valorizar nós ... as pessoas vão sair daqui comentando o que viu, o que foi bom e que foi ruim”, conclui.

De acordo com Rubenice, a partir dessa vivência o próximo passo será  a construção de diretrizes para as escolas do campo de Casa Nova, considerando todo o contexto ao qual ela está inserida.

Texto e Foto: Comunicação Irpaa

 


Veja também

< voltar    < principal    < outras notícias

Página:

Educação contextualizada é discutida a partir das experiências da Comunidade, no interior de Casa Nova

Para:


Suas informações:



(500 caracteres no máximo) * Preenchimento obrigatório




Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005