IRPAA - Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

Viver no sertão é conviver com o Clima

Formulário de Busca

Siga-nos:

Software Livre

28.09.2015

Envie por e-mail

Por que usar linux?

MUDANDO PARA GNU/LINUX

Sabemos que mudar para um novo e diferente sistema operacional é para a maioria das pessoas um desafio. Muita gente nem sabe que existem outros sistemas operacionais além do windows. Mas existe sim e estes são livres, gratuitos, ao contrário do sistema da microsoft que é uma das maiores empresas do mundo.

Ou seja, o linux contribui significativamente com a democratização da comunicação.

Mas se você ainda está se acostumando com a ideia de experimentar um sistema operacional livre pode manter os dois sistemas paralelas, até no mesmo computador.

ENTENDA O QUE É LINUX:

O que se chama comumente de “Linux” são na verdade várias ou muitas “distribuições”. Todas possuem a base comum, o Linux, mas o que é construída em cima, como se fosse uma roupa, é a distribuição. São maneiras diferentes como se apresentam, com jeitos e cores diversas, com maneiras diferentes para fazer as tarefas, etc. Mas uma coisa é certa, se aprender manejar uma distribuição não vai encontrar muitas dificuldades de trabalhar com uma outra diferente. Alguns exemplos são: Debian, Suse, Ubuntu, BRLinux, Red Hat, Fedora, Linux Educacional, entre outros.

Mas a pergunta central aqui é:

Por quê mudar para Linux? Existem muitos motivos pelo qual milhões de pessoas gostam de usar Linux. As razões podem ser bem diferentes: motivos técnicos, financeiros, éticos ou filosóficos, dependendo do ponto de vista de cada um/uma.

Segue aqui uma lista das razões mais comuns que justificam a opção pelo Linux:

Segurança – virus, spyware etc, virtualmente não são assuntos no ambiente Linux.

Manutenção – esqueça o escaneamento constante contra virus e spyware, desfragmentação, limpando o registro, reinicializar frequente etc.

Estabilidade – Linux é muito estável. Pode ser que um aplicativo (programa) trava, mas é absolutamente raro que o sistema operacional trave.

Softwares livres e código aberto – Você pode usar o software (programa) que você quer, estudar o código, modificando-o e compartilhando-o com outras pessoas. Nada de licenças complicadas e/ou pagas para o “usuário final”.

Normas abertas – Linux e as suas aplicações, normalmente usam Normas Abertas (Open Standards), fazendo possível a interoperabilidade, por exemplo de programas, com outras plataformas evitando as restrições de proprietários.

Comunidade – Linux com suas aplicações livres já foi chamado o maior time mundial.

Economia – Quase todos distribuições de Linux podem ser baixadas gratuitamente. E o mesmo vale para uma quantidade enorme de aplicações. Tem outra coisa: as exigências para o hardware são modestas, o que significa que pode usar seu hardware durante muito mais tempo.

Legalidade – Ter a disposição software de alta qualidade, mas gratuita, significa menos tentação de usar cópias ilegais de softwares proprietários. Por cima ainda, você não vai suportar um monopolista bem conhecido, com múltiplas condenações por abusos, devido sua posição de mercado dominante.

Transparência – As distribuições de Linux são desenvolvidas de maneira aberta, usando listas de e-mail públicas, canais de IRC públicas, caçadores de bugs, também públicas, etc.

Diversidade – Existem muitas diferentes distribuições de Linux, para as mais variadas finalidades, para os mais diferentes usuários.

Privacidade – Software livre prima para respeitar sua privacidade e o código aberto, aberto mesmo para o público em geral, é uma boa garantia que não existam backdoors e outras coisas escondidas.

Tentando algo novo – Simplesmente tentando algo novo e diferente e refrescar a mente já pode ser para muita gente motivo suficiente. Vencer um desafio...

E … Dá muito prazer!

 

DESAFIOS NA MUDANÇA:

Existem sem dúvida muitas vantagens para usar Linux, mas pode ser também um desafio mudar para algo novo e o que nem todo mundo usa.

Aprendizado:

Você vai precisar investir um pouco de tempo para conhecer o sistema operacional diferente e novas aplicações (programas). Isto quer dizer, vai ter que desaprender uma parte disso que aprendeu até agora.

Outras aplicações e jogos:

Vai sentir falta de aplicações familiares, tipicamente Microsoft Office, Adobe Photoshop e os jogos mais populares. Dual boot (duas sistemas na mesma máquina, WINE ou máquinas virtuais, oferecem parcialmente uma solução). Mas claramente, você vai achar alternativas de alta qualidade, nativas Linux.

Suporte a hardware:

Praticamente todo hardware (impressoras etc.) funciona com linux. Porém, recomenda-se antes de comprar um novo equipamento, realizar um pesquisa na internet. Equipamentos muito recentes e menos difundidos oferecem maior risco de dar problemas.

Mais difícil de conseguir ajuda:

Muitas vezes, amigos, familiares ou colegas talvez não vão poder ajudar e questões relacionadas com Linux. Mas existe muita ajuda on-line, no Google e nas listas de discussão, o que nem sempre tão rápido como consultar o colega na mesa vizinha.
 

ESTRATÉGIA

Seja realista

Não espere de dominar o Linux em uma ou duas semanas. Do jeito que você conhece seu sistema operacional atual que está usando durante 10 anos ou mais.

Faça uma mudança gradual:

Inicie instalando o Linux numa segunda máquina ou paralelamente no seu atual (dual boot). Uma sugestão boa: aprenda Linux, usando um live-DVD.

E para começo, instale já agora, no seu sistema operacional atual os softwares livre que depois irá usar no Linux, como LibreOffice, Gimp, Thunderbird, Firefox, Inkscape etc. Pois a prática tem mostrado que as pessoas tem mais dificuldade de manejar os aplicativos novos, do que o sistema operacional Linux em si.

< voltar


Campanhas

Newsletters

Cadastre seu e-mail para receber notícias.

Formulário de Contato





Faça sua doação


Copyright © 2005 - 2009 IRPAA.ORG Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada - IRPAA
Avenida das Nações nº 04 - 48905-531 Juazeiro - Bahia, Brasil
Tel.: 0055-74-3611-6481 - Fax.: 0055-74-3611-5385 - E-mail: irpaa@irpaa.org - CNPJ 63.094.346/0001-16
Utilidade Pública Federal, Portaria 1531/06 - DOU 15/09/2006 Utilidade Pública Estadual, Lei nº7429/99
Utilidade Pública Municipal, Lei nº 1,383/94 Registro no CNAS nº R040/2005 - DOU 22/03/2005